Segunda-feira, 30 de Junho de 2008

Cabelo Apanhado

 

 
Seguro nos meus dedos
O teu cabelo apanhado
Por ele fico encantado
Dou carícias e recebo segredos
 
Pormenores de puro prazer
Doce desejado sofrimento
Até ao preciso momento
Em que fico cego de tanto os ver
 
A face do teu rosto, linda e descoberta
Sobre a simplicidade esguia do teu pescoço
Abre no chão um enorme poço
Onde no fundo está uma porta aberta
 
Para os meus sentidos
Onde me perco nos teus sorrisos
Onde me sento e me descubro
Onde as emoções ficam ao rubro
 
Simplicidade de uma pele macia,
De um cheiro a maresia
De um doce e de um salgado
Nos lábios do teu amado
 
E canto…
Para todos e para ninguém
Um grito que vai até ao além
Anuncia o teu simples encanto
 
E choro,
Porque me vi através de ti
E sou,
Mais do que alguma vez pedi...
publicado por jangadadecanela às 20:08
link do post | comentar | ver comentários (36) | favorito
Domingo, 29 de Junho de 2008

Instantes de ti

Porque devemos preservar o que de bom temos o privilégio de partillhar ao longo da vida, independentemente do mau que também possa existir...

 

Instantes de ti
Registos da nossa historia
Gravados na memória
Instantes que senti
 
São uma porta aberta
Para uma vida repleta
De brisas de amor
De toques de calor
 
Instantes de ti
Uma vida que vivi
Momentos de pura liberdade
Deixam lágrimas de saudade
 
São doses de prazer irreais
Simples doces embrulhados
De afrodisíaco recheados
Dos quais sempre quero mais
 
Instantes de ti
Sorrisos que colhi
Mais nada interessa
Vivo e não tenho pressa
tags: ,
publicado por jangadadecanela às 20:29
link do post | comentar | ver comentários (34) | favorito
Sexta-feira, 27 de Junho de 2008

Nada que é tudo

 

 

Entre nós nada existe
 
Não há distância nem espaço
Há só um sonho de infância no meu regaço
 
Não há som nem ruído
Só algo de bom intensamente sentido
 
Não há compasso de tempo
Há um abraço apertado num só batimento
 
Não há ar nem vento
Há o desejo de amar em qualquer momento
 
Entre nós…
Está este amor que nunca nos deixa sós
 
Este sorriso unido num beijo sentido
Este abraço querido levemente comprimido 
Esta  ternura latente que sempre se sente
Esta atenção permanente e inocente
 
Entre nós… estamos só nós.

 

 
tags:
publicado por jangadadecanela às 16:09
link do post | comentar | ver comentários (27) | favorito

Bonsai

Este é um re-post que me apeteceu re-partilhar...

 
Ela nasce nos sitios mais inóspitos
Frágil, sensível ao vento
 
Aos poucos e poucos
Estende os seus graciosos braços
Vai mostrando a beleza das suas mãos
Inebriando-nos num mundo de perfeição
 
Capturada que foi
Cedo fica dependente
Privada do carinho
que sempre teve presente
 
Alimentada precisa ser
Com amor e dedicação
 
Vai crescendo em formosura
Envolta em sensualidade
 
Muito tempo quer viver
Com a paixão de quem a nutre
 
Sem ti não existe
Com a saudade irá morrer
 
Com Amor irá amadurecer
O tempo a fará brilhar
Aos olhos de quem ousar
Por um momento a observar
 
Frágil, sensível ao vento
Ela nasce nos sitios mais inóspitos
tags:
publicado por jangadadecanela às 16:06
link do post | comentar | ver comentários (16) | favorito
Quinta-feira, 26 de Junho de 2008

Hoje é só mimo...

 

Fui presenteado com este "mimo" da Joana, Ana e Elsa...

... olhem para mim todo babado... :)

 

 

Retribuo a todos os que cá passam e deixam um pouco de si, especialmente à Maria João com quem tenho uma grande empatia, à Joana sempre doce com o seu mel, ao Ricardo a quem devo um Cardhu e sempre nos presenteia com a intensidade dos seus sentimentos, à Isabel e o seu amor único, à Estrelinha que tem andado mais triste ultimamente e que espero que se anime, à Maria de quem espero sempre mais um comentário, e ainda à Elsa, à Ana, à Ana Maria, à Margarida, ao Mário, à Vera, à Mafalda, à Inês, à Kika... e de certeza que me terei esquecido de alguem...

 

Obrigado por me lerem e comentarem...

 

Abraço, como sempre, do Luís!

 

tags:
publicado por jangadadecanela às 21:26
link do post | comentar | ver comentários (19) | favorito

.quem sou...

.Poesia


.pesquisar

 

.posts recentes

. Natal

. Viagem

. Amanhecer

. Esperança

. Sabor a Saudade

. É assim... e que sempre a...

. Infinito

. ...

. Ser

. 21 DE JULHO

. ...

. Tão Veloz Como o Desejo

. Alto Douro Vinhateiro

. O meu leito

. Astrolábio

. Aberto ou Fechado

. ...

. Risco

. SER...

. Partes

.favorito

. DE MÃO NA MÃO

. O CORAÇÃO ...

. DIVAGANDO ...

. AMOTE

. PORQUE...

. NÓS

. "HÁ GENTE QUE FICA NA HIS...

. OBRIGADA POR SERES EGOÍST...

. OU É UMA COISA OU OUTRA

. VAMOS TIRAR UMA FOTO?

.arquivos

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

.tags

. todas as tags

RSS

.pauzinhos...

online