Quarta-feira, 30 de Setembro de 2009

Tristeza

Quem abriu a torneira?
Já transborda de mim
Abriu e saiu da minha beira
Não lhe posso dar fim

Afogo-me
Enrolo-me
Preencho um cubículo
Pequeno, ridículo!

Verdade, convicção
Deram lugar à
Ilusão, Incerteza
Já nada mais há

Entre fios e arames
Entre tábuas firmes
Resta-nos acreditar
E jamais parar
publicado por jangadadecanela às 10:38
link do post | comentar | ver comentários (8) | favorito
Terça-feira, 29 de Setembro de 2009

Abalo

Foi com um simples gesto
Que o meu coração abalou
Um pouco por todo o lado
O teu brilho se espalhou

Nada mais de relevante
Se fez ali notar
O mais importante
Era ficar ai a pasmar

Com muito amor
E algum humor
Se cozinha a vida

É um tempero
Que agrada a todos
O teu, é o que quero
... A rodos :)
publicado por jangadadecanela às 10:36
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Sexta-feira, 25 de Setembro de 2009

.- -- --- -.

Ponto, Traço, Espaço, Traço
Traço, Espaço, Traço, Traço
Traço, Espaço, Traço, Ponto

Não importa o formato
Não importa o espaço
Importa sim a essência

Assim te digo sem traço
Não, não estou tonto!
Espera... Falta o ponto!

Ponto, Traço, Espaço, Traço
Traço, Espaço, Traço, Traço
Traço, Espaço, Traço, Ponto!
publicado por jangadadecanela às 15:05
link do post | comentar | ver comentários (9) | favorito
Quinta-feira, 24 de Setembro de 2009

Roleta

A vida é uma roleta
Onde a sorte se diverte
A vida é uma treta
Se com ela a gente se mete

A vida é um fio
De água cristalina
Vem um vento pela matina
Vai-se o fio num assobio

A vida é uma roleta
Onde somos parte sorte
Outra parte somos razão
Outra somos coração

A vida é uma roleta
À procura do norte
Por vezes na nossa mão
Outras no teu coração

Mas roleta que se preze
Sabe que há um momento
Sabe a quem se render

Oh! Fazia disto uma tese
Talvez até doutoramento
Se não fosse sorte, fosse saber
Como com ela me perder
publicado por jangadadecanela às 10:00
link do post | comentar | ver comentários (8) | favorito
Quarta-feira, 23 de Setembro de 2009

Alucinação

Sentado, por vezes elevo as mãos ao rosto, num acto inato que procura ajudar a resolver o problema mais recente ou a encontrar a melhor resposta para a questão que acabou de me ser colocada. Nesse momento, nesse preciso momento, despido outrora de qualquer característica especial que o fizesse notar, vieste a mim. Inevitavelmente se solta um sorriso discreto neste rosto sisudo, cúmplice entre os lábios e o olhar. Aparentemente não me movo, não me mexo, mas por dentro, o corpo sente... vibra. As mãos, essas, espremem de si o cheiro que te acolhe e que por mim entra. O cheiro doce e profundo que me transporta para fora daqui, para ti, estejas onde estiveres. O cheiro intenso que me alucina. O cheiro. O cheiro que mais que meu, é nosso, porque com ele vem o teu vento e com teu o vento vêm as recordações... Os planos... E principalmente... O presente.

publicado por jangadadecanela às 10:14
link do post | comentar | ver comentários (17) | favorito

.quem sou...

.Poesia


.pesquisar

 

.posts recentes

. Natal

. Viagem

. Amanhecer

. Esperança

. Sabor a Saudade

. É assim... e que sempre a...

. Infinito

. ...

. Ser

. 21 DE JULHO

. ...

. Tão Veloz Como o Desejo

. Alto Douro Vinhateiro

. O meu leito

. Astrolábio

. Aberto ou Fechado

. ...

. Risco

. SER...

. Partes

.favorito

. DE MÃO NA MÃO

. O CORAÇÃO ...

. DIVAGANDO ...

. AMOTE

. PORQUE...

. NÓS

. "HÁ GENTE QUE FICA NA HIS...

. OBRIGADA POR SERES EGOÍST...

. OU É UMA COISA OU OUTRA

. VAMOS TIRAR UMA FOTO?

.arquivos

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

.tags

. todas as tags

RSS

.pauzinhos...

online