Sexta-feira, 11 de Dezembro de 2009

O Canto

 

Em frente ao rio existe um canto
De sol pintado no alto do dia
 
Seja abrigo no desvio,
do curso da nossa vida.
Seja pausa ou desvario,
noite de lua aquecida.
 
Leva o rio o teu canto
Selado numa carta
Nessa carta o meu destino
Que só a saudade mata
 
Olha o canto do rio...
 
publicado por jangadadecanela às 17:04
link do post | comentar | favorito
8 comentários:
De pingodemel a 14 de Dezembro de 2009 às 10:33
olá amor

"Em frente ao rio existe um canto
De sol pintado no alto do dia" foi bom lá adormecer e acordar, foi abrigo, curso , pausa e desvario ...

... beijinhos
De jangadadecanela a 16 de Dezembro de 2009 às 16:43
olá amor...

canto virado a sul, ´á dentro o meu norte... :)

um beijinho
De comunicadoraspt@hotmail.com a 14 de Dezembro de 2009 às 23:33
Há sempre um canto onde podemos parar para nos abrigarmos das intempérides, para descansarmos um pouco, para fazermos uma pausa e reflectir na caminhada; será que seguimos em frente, viramos à direita ou simplesmente voltamos para trás? É bom parar, pensar, observar ....procurar sempre o melhor canto; contemplar enriquece o nosso interior, alimenta a nossa alma; um rio em frente ao canto leva na corrente o nosso pensamento e com o canto das suas águas sempre nos sussurra alguns conselhos;há que saber ouvi-lo! Temos que nos deixar levar pela beleza das suas águas, ouvir o seu canto e saber interpretá-lo. A natureza é sempre sábia, quer seja um rio, um monte ou o simples canto dum sabiá; nós é que nem sempre procuramos um bom canto ,nem para ouvir a natureza nem para ouvir o nosso próprio canto. Um beijinho, amigo e parabéns. Gostei muito deste canto!
Emília
De jangadadecanela a 16 de Dezembro de 2009 às 16:46
olá Emilia

:) adorei a tua interpretação...

Por vezes paramos para pensar no que sentimos
Outras paramos só para sentir
Outras sentimos só de pensar...

que haja sempre assim um canto, onde possamos parar para pensar... e sentir...

um grande abraço
Luís
De comunicadoraspt@hotmail.com a 14 de Dezembro de 2009 às 23:35
Desculpa o erro...intempéries...Bjos
Emília
De jangadadecanela a 16 de Dezembro de 2009 às 16:47
:) acontece aos melhores ;)
De M.Luísa Adães a 15 de Dezembro de 2009 às 12:30
Jangadadecanela

Quero dizer que não esqueci minha promessa.
Tenho os dados necessário, só que tenho estado
doente.

Acabei por ler e apreciar "O Canto" e gostei,

desse recanto em frente ao rio,
num abrigo reconfortante
para o viajante que procura
lugar seguro.

De Sol pintado de dia
E à noite,
De lua aquecida.

Lindo o teu poema!

Beijo,

Mª. Luísa
De jangadadecanela a 16 de Dezembro de 2009 às 17:21
olá Mª Luisa

JA me tinha questionado e foi isso que pensei... espero as tuas melhoras rápidas :)

todos precisamos assim de um canto, onde possamos simplesmente... ficar...

um abraço
Luis

Comentar post

.quem sou...

.Poesia


.pesquisar

 

.posts recentes

. Natal

. Viagem

. Amanhecer

. Esperança

. Sabor a Saudade

. É assim... e que sempre a...

. Infinito

. ...

. Ser

. 21 DE JULHO

. ...

. Tão Veloz Como o Desejo

. Alto Douro Vinhateiro

. O meu leito

. Astrolábio

. Aberto ou Fechado

. ...

. Risco

. SER...

. Partes

.favorito

. DE MÃO NA MÃO

. O CORAÇÃO ...

. DIVAGANDO ...

. AMOTE

. PORQUE...

. NÓS

. "HÁ GENTE QUE FICA NA HIS...

. OBRIGADA POR SERES EGOÍST...

. OU É UMA COISA OU OUTRA

. VAMOS TIRAR UMA FOTO?

.arquivos

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

.tags

. todas as tags

RSS

.pauzinhos...

online