Quarta-feira, 28 de Abril de 2010

Luz

Navego na realidade

Como um barco à deriva

Do topo do mastro procuro

Um sonho que persiga

 

Mas o nevoeiro é denso

E o coração propenso

A se perder no turbilhão

Do sonho e da razão

 

Tudo se mistura, nada se vislumbra

O nevoeiro cerrado invade a insónia

O corpo cansado perde a memória

O dia fura a espessa penumbra

 

Penso e penso, não sei o que penso

A roda gira e volta ao seu lugar

O sonho fugiu, perdeu o senso

A vida… A vida ficou… se a puder encontrar

 

publicado por jangadadecanela às 09:56
link do post | comentar | favorito
8 comentários:
De Cátia a 28 de Abril de 2010 às 13:37
"Penso e penso, não sei o que penso"

Lindo!
De jangadadecanela a 28 de Abril de 2010 às 13:53
olá Cátia,

São como a roda do moinho
Com uma só diferença
É que destes pensamentos
Nao se faz farinha...

um abraço
Luís

De cuidandodemim a 28 de Abril de 2010 às 14:13
Um dia o nevoeiro dissipa-se, é preciso é não desistir, nem querer a todo o custo afastar o nevoeiro com as próprias mãos... :)
Bjns
De jangadadecanela a 28 de Abril de 2010 às 14:51
olá....

os bravos navegam as cegas
confiam no instinto e no saber
seguem à risca o lema:

antes morrer a viver
que viver a morrer

:)

um abraço
Luís
De comunicadoras a 29 de Abril de 2010 às 17:37
Oi Amigo!
Gostei, poeta ,sentimento, we talvez perdido, há dias assim, outros o nevoeiro nem sequer chega, tudo se torna mais fácil., não desanime, mas gostei muito , sou um pouco nostálgica, e acontece....
At´e breve
Herminia
De jangadadecanela a 29 de Abril de 2010 às 18:03
olá Herminia...

há dias assim, em que a luz é um ponto...

um abraço
Luis
De Tixa a 29 de Abril de 2010 às 20:29
olá Luís

e por acaso é assim que tenho andado, envolvida por um nevoeiro cerrado mas que a pouco e pouco se dissipa, e espero que aconteça o mesmo...

beijinhos

P.S. desculpa a ausência mas o tempo tem sido mesmo muito pouco
De jangadadecanela a 30 de Abril de 2010 às 09:22
olá Tixa,

As vezes é assim que nos reencontramos, antes de encontrarmos o caminho...

Também tenho andado desaparecido...

um abraço
Luís

Comentar post

.quem sou...

.Poesia


.pesquisar

 

.posts recentes

. Natal

. Viagem

. Amanhecer

. Esperança

. Sabor a Saudade

. É assim... e que sempre a...

. Infinito

. ...

. Ser

. 21 DE JULHO

. ...

. Tão Veloz Como o Desejo

. Alto Douro Vinhateiro

. O meu leito

. Astrolábio

. Aberto ou Fechado

. ...

. Risco

. SER...

. Partes

.favorito

. DE MÃO NA MÃO

. O CORAÇÃO ...

. DIVAGANDO ...

. AMOTE

. PORQUE...

. NÓS

. "HÁ GENTE QUE FICA NA HIS...

. OBRIGADA POR SERES EGOÍST...

. OU É UMA COISA OU OUTRA

. VAMOS TIRAR UMA FOTO?

.arquivos

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

.tags

. todas as tags

RSS

.pauzinhos...

online