Sexta-feira, 29 de Janeiro de 2010

Simbiose

 

Fui ter contigo meu amigo
Que me faz falta a tua canção
O teu sussurrar salgado, mansinho
Esse teu forte abraço, abrigo
De pensamentos vadios
Que assombram este coração
 
Perto de ti ameno
Embalo a vida na tua mão
A tua capa solta ao vento
Cai branda em mim, sereno
 
Sorvo dos meus próprios sentidos
Leio segredos no teu rumorejar
Pelos teus versos me deixo lavar
Dos meus silêncios consentidos
 
E trocamos receios e anseios
E trocamos amores e dissabores
E trocamos sonhos e pesadelos, desenrolamos novelos e novelos
E trocamos o sal que afundamos nas tuas profundezas
Matamos assim o mal, que fiquem à tona apenas certezas!
 
E em tom de despedida
Mergulhamos na vida
Até novo encontro
Seu velho… tonto…
 
publicado por jangadadecanela às 14:23
link do post | comentar | ver comentários (10) | favorito

.quem sou...

.Poesia


.pesquisar

 

.posts recentes

. Simbiose

.favorito

. DE MÃO NA MÃO

. O CORAÇÃO ...

. DIVAGANDO ...

. AMOTE

. PORQUE...

. NÓS

. "HÁ GENTE QUE FICA NA HIS...

. OBRIGADA POR SERES EGOÍST...

. OU É UMA COISA OU OUTRA

. VAMOS TIRAR UMA FOTO?

.arquivos

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

.tags

. todas as tags

RSS

.pauzinhos...

online