Sexta-feira, 25 de Abril de 2008

Toque

 

O infinito da sensibilidade

Na ponta dos nossos dedos

Não tem em conta a idade

Não esconde segredos

 

Na ponta dos meus dedos

Me entrego ao teu ser

 

São mensageiros

Do que penso, sinto e sou

 

Na ponta dos meus dedos

Me sinto renascer

 

São mensageiros

Do meu amor

tags:
publicado por jangadadecanela às 15:21
link do post | comentar | favorito
13 comentários:
De jangadadecanela a 25 de Abril de 2008 às 21:24
e uma grande verdade :)
De Maria João Brito de Sousa a 25 de Abril de 2008 às 21:43
Exactamente! Embora pouco utilizada, o que a torna original!

Comentar post

.quem sou...

.Poesia


.pesquisar

 

.posts recentes

. Natal

. Viagem

. Amanhecer

. Esperança

. Sabor a Saudade

. É assim... e que sempre a...

. Infinito

. ...

. Ser

. 21 DE JULHO

. ...

. Tão Veloz Como o Desejo

. Alto Douro Vinhateiro

. O meu leito

. Astrolábio

. Aberto ou Fechado

. ...

. Risco

. SER...

. Partes

.favorito

. DE MÃO NA MÃO

. O CORAÇÃO ...

. DIVAGANDO ...

. AMOTE

. PORQUE...

. NÓS

. "HÁ GENTE QUE FICA NA HIS...

. OBRIGADA POR SERES EGOÍST...

. OU É UMA COISA OU OUTRA

. VAMOS TIRAR UMA FOTO?

.arquivos

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

.tags

. todas as tags

RSS