Terça-feira, 29 de Abril de 2008

Sonhei, será que revi o passado ou fiz um desejo para o futuro? - parte 2

A música em fundo criava uma atmosfera quente, acolhedora. As notas musicais flutuavam pelos cantos da sala, procuravam abrigo e enroscavam-se timidamente.

Senti o teu perfume no ar que, atrevido, tentava namoriscar os meus sentidos. Os meus pensamentos  voavam, pediam-me para que os soltasse para que fossem de encontro aos teus.

A custo retive-os no receio de te incomodar.

Ofereci-te um copo de vinho branco das terras de Monção, frio, gelado… e brindamos ao momento…

Não conseguia tirar os meus olhos do fundo dos teus enquanto bebia e inalava a mistura de aromas que povoavam este pequeno espaço. Estava com saudades de te rever disse… tu sorriste… na minha vida, o meu sol ganhou mais um raio…

Levantei-me, pedi-te para esperar um pouco enquanto deslizei até à cozinha onde tinha deixado o jantar, preparado minutos antes com carinho. O quanto eu desejava que tivesse saído bem. Tinha estado uma semana repetidamente a treinar a receita, para que nada corresse mal. No frigorifico descansava a sobremesa, enclausurada numa redoma para que os aromas não se perdessem. Precisava do teu beijo para acordar e contigo se perder. Regressei…

Pedi a Deus para que alterasse o compasso do relógio do tempo para nós… queria saborear cada instante…

tags:
publicado por jangadadecanela às 10:47
link do post | comentar | favorito
6 comentários:
De pingodemel a 29 de Abril de 2008 às 11:19
olá bom dia
o ambiente não torna os momentos perfeitos mas ajuda muito...e torna-os especiais :)
...e quando tudo está na mais perfeita harmonia so se deseja que os relógio pare no tempo, aquele relogio que não existe mas que todos o queriamos usar de vez em quando :)
o cheiro...está sempre presente, quer no momento quer na lembrança do mesmo.

abraço
De jangadadecanela a 29 de Abril de 2008 às 11:48
Bom dia Mel...

o ambiente ajuda... mas a companhia é tudo... por mim até podia ser debaixo de uma ponte, desde que fosse com quem quisesse estar e quem estivesse comigo sentisse o mesmo.

o ambiente é cenário no teatro da vida e do amor... nós somos os protagonistas.

:)

abraço
De pingodemel a 29 de Abril de 2008 às 12:10
...só para te dizer que adorei a ultima frase...muito boa e muito real :)
De Maria João Brito de Sousa a 29 de Abril de 2008 às 13:15
E, de alguma forma, o relógio parou mesmo. Repara como está parado quando a tua memória o evoca... e como avança e pára onde a tua imaginação o antevê...
De jangadadecanela a 29 de Abril de 2008 às 13:17
o tempo, ora deliciosamente fugaz ora dolorosamente arrastado...
De Maria João Brito de Sousa a 29 de Abril de 2008 às 13:36
E vice-versa...

Comentar post

.quem sou...

.Poesia


.pesquisar

 

.posts recentes

. Natal

. Viagem

. Amanhecer

. Esperança

. Sabor a Saudade

. É assim... e que sempre a...

. Infinito

. ...

. Ser

. 21 DE JULHO

. ...

. Tão Veloz Como o Desejo

. Alto Douro Vinhateiro

. O meu leito

. Astrolábio

. Aberto ou Fechado

. ...

. Risco

. SER...

. Partes

.favorito

. DE MÃO NA MÃO

. O CORAÇÃO ...

. DIVAGANDO ...

. AMOTE

. PORQUE...

. NÓS

. "HÁ GENTE QUE FICA NA HIS...

. OBRIGADA POR SERES EGOÍST...

. OU É UMA COISA OU OUTRA

. VAMOS TIRAR UMA FOTO?

.arquivos

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

.tags

. todas as tags

RSS

.pauzinhos...

online