Segunda-feira, 12 de Maio de 2008

Amor perdido, nunca esquecido

 

Deambulo já embriagado pelo sonho
Esgravato as portas das memórias
Trepo as escadas dos meus medos
 
Quase não vejo
os envelopes que guardam os teus momentos.
Esbatidas pelo tempo
as fotografias já quase não te reconhecem
 
Não importa!
 
Limpo o pó,
Regenero as imagens com o olhar
Rego as palavras plantadas no papel
 
Enquanto viver,
ao mundo
o teu ser darei a conhecer!
Estas viva dentro de mim,
intensa e brilhante
não te perco nem um instante.
 
Tu que me amaste
e que por isso,
me tornaste gente!
 
publicado por jangadadecanela às 13:11
link do post | comentar | favorito
11 comentários:
De pingodemel a 12 de Maio de 2008 às 14:06
...desde que a tua vida não esteja presa a fotografias amareladas pelo tempo... e sejam só boas lembranças...
De jangadadecanela a 12 de Maio de 2008 às 14:16
Mel, nunca me senti tão solto e leve como me sinto hoje em dia. As recordações do passado servem apenas para uma de duas finalidades:

as boas, para que sinta que valeu a pena viver;
as más, para que as esqueça depois de aprender com elas.

nota: escrevi este texto a pensar em todos aqueles que já perderam o seu amor, no sentido real, mas que ainda conseguem sentir o calor da sua presença.

um abraço

De Subjectividades a 12 de Maio de 2008 às 14:27
E será que o amor algum dia se perde???
Não sei se falas de um amor que acabou, de um amor que nunca aconteceu, não sei, se foi amor então não se perdeu!
Tudo o que envolve amor não se perde alimenta-nos a alma por isso nunca se esquece !

Um abraço
De jangadadecanela a 12 de Maio de 2008 às 14:31
escrevi este texto a pensar em todos aqueles que já perderam o seu amor, no sentido real, mas que ainda conseguem sentir o calor da sua presença.

resumindo, tens razão, nao se perdeu.
De Blue Eyes a 12 de Maio de 2008 às 23:15
"Enquanto viver,
ao mundo
o teu ser darei a conhecer!
Estas viva dentro de mim,
intensa e brilhante
não te perco nem um instante."

Aqui está a chave do poema!

Abraço
De jangadadecanela a 13 de Maio de 2008 às 10:04
Olá blue, é o caminho para a eternidade... viver no coração dos outros...
De Maria João Brito de Sousa a 13 de Maio de 2008 às 16:49
Ora aí está uma frase que vale por todos os Nibs do mundo!
Desculpa... andava a pôr em dia a leitura dos teus poemas e não resisti a ler os comentários...
De jangadadecanela a 13 de Maio de 2008 às 16:59
:)
De MIGUXA a 13 de Maio de 2008 às 00:26
É verdade pode perder-se mas, se foi AMOR fica sempre guardado num cantinho do nosso coração e, sempre que o desejamos é fácil relembrar.

Gostei imenso.

Xi-kor
Margarida
De jangadadecanela a 13 de Maio de 2008 às 10:04
nunca esquecido....
De Sorrisoduplo a 15 de Maio de 2008 às 07:55
"...Tu que me amaste
e que por isso,
me tornaste gente!"
Adorei o teu post...

Comentar post

.quem sou...

.Poesia


.pesquisar

 

.posts recentes

. Natal

. Viagem

. Amanhecer

. Esperança

. Sabor a Saudade

. É assim... e que sempre a...

. Infinito

. ...

. Ser

. 21 DE JULHO

. ...

. Tão Veloz Como o Desejo

. Alto Douro Vinhateiro

. O meu leito

. Astrolábio

. Aberto ou Fechado

. ...

. Risco

. SER...

. Partes

.favorito

. DE MÃO NA MÃO

. O CORAÇÃO ...

. DIVAGANDO ...

. AMOTE

. PORQUE...

. NÓS

. "HÁ GENTE QUE FICA NA HIS...

. OBRIGADA POR SERES EGOÍST...

. OU É UMA COISA OU OUTRA

. VAMOS TIRAR UMA FOTO?

.arquivos

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

.tags

. todas as tags

RSS

.pauzinhos...

online