Segunda-feira, 2 de Junho de 2008

Voltar

 

No calor da noite
Acordei ao teu lado
À meia luz
Fiquei encantado
 
O tom da tua pele
Despertou os sentidos
Um sorriso nos lábios
Porta para mundos perdidos
 
Sinto em mim
Desejo de bem querer
Toco em ti
Amor quero fazer
 
No teu lindo pescoço
Evoco o teu ser
Num beijo alongado
Perdição de morrer
 
Escravo assumido
Nesta prisão aberta
Dá-me a tua sentença
Minha princesa discreta
 
O teu sussurar
ao meu coração responde
bebo da tua pele
já estou não sei onde
 
é num longo abraço
que entras por mim
não existe espaço
onde brilhes assim
 
fada dos meus desejos
alquimista do meu amor
responde aos meus ensejos
faz-me evaporar em calor
 
em algo etéreo
nos vamos transformar
no altar deste beijo
vamos sempre casar
 
em ondas deslizantes
em pele à deriva
somos dois amantes
não do céu, da vida
 
no fim nada importa
nem o ar que não respiras
entreaberta fica a porta
deste momento que inspiras
 
num leve encolher
na melodia do olhar
vamos agora adormecer
para daqui a pouco… voltar
publicado por jangadadecanela às 13:54
link do post | comentar | favorito
21 comentários:
De Bichana a 2 de Junho de 2008 às 14:14
Absolutamente...PERFEITO!!!!!!
Bjnhos
De jangadadecanela a 2 de Junho de 2008 às 17:03
Olá,

são momentos unicos, de pura magia...

Abraço,
Luís
De maria a 2 de Junho de 2008 às 14:47
Era bom que o amor fosse assim!
infelizmente, muitas vezes dormimos com o inimigo!
a falsidade anda ao lado do amor!
O poema é muito bonito e está muito bem escrito!
E apesar de eu estar a ficar amarga e com pouca capacidade para amar, também é verdade QUE É MAIS FELIZ QUEM MAIS AMOU, E ISSO É QUE É IMPORTANTE NESTE POEMA, É QUE ALGUÉM REALMENTE AMA, SENTE COM O CORAÇÃO!
ABRAÇO,
MARIA.
De jangadadecanela a 2 de Junho de 2008 às 17:07
Olá Maria,

Amargo só o chocalate... todos temos capacidade para amar... e de certeza que tu também conseguirás aumentar essa capacidade logo logo...

Por vezes não fazemos as escolhas certas ou somos levamos a ir por caminhos diferentes mas as outras pessoas do mundo não podem ser culpabilizadas... nós podemos e sabemos acreditar... acreditar em nós, acreditar no amor...

um grande abraço
Luís
De pingodemel a 2 de Junho de 2008 às 16:25
..."para daqui a pouco voltar"... tudo do que vivemos e foi bom fica sempre o desejo de repetir o momento, se não for mais na recordação...
De jangadadecanela a 2 de Junho de 2008 às 17:09
:)

na recordação sempre
na vida, sempre que possivel

é no "voltar" que está toda a intensidade do amor e da paixão... são esses os momentos de explosão...

um beijo,
Luís
De pingodemel a 2 de Junho de 2008 às 17:22
sim, a intensidade do amor pode ser medida tendo em conta a vontade de "voltar" ... :)

um beijo e até amanhã
De Subjectividades a 2 de Junho de 2008 às 17:13
Olá mais uma vez Luís
Hoje fiquei tão emocionalmente esgotada que nem tive tempo para comentar ninguém mas não queria ir-me embora sem dizer que como sempre o teu poema está
soberbo.

Um abraço e mais uma vez obrigado!
De jangadadecanela a 3 de Junho de 2008 às 09:49
Isabel,

Continuo sem saber muito bem o que dizer...

um abraço apertado,
Luís
De Blue Eyes a 2 de Junho de 2008 às 18:08
Olha, Luis. Levo este para o meu TOP. Mas sei q já lá tenho mais!

Abraço!
De jangadadecanela a 2 de Junho de 2008 às 18:14
tenho que construir aqui os Favoritos, tenho ainda que ver como se faz...

um abraço
Luís
De Blue Eyes a 2 de Junho de 2008 às 18:29
É fácil. no final do post clicas em adicionar aos favoritos. Depois esses posts ficam disponiveis no teu perfil, ou podes criar uma lista na lateral do blog.

Abraço

Ricardo
De jangadadecanela a 3 de Junho de 2008 às 09:49
já está!
De Lalunia a 2 de Junho de 2008 às 18:52
Olá, passo aqui em tua "casa", depois de ter passado pela da Isabel!!! Mt lindo o teu poema, o amor é capaz de grandes feitos, é algo magico e que nos da uma força incrível ... E simplesmente o amor...
Beijos
De jangadadecanela a 3 de Junho de 2008 às 09:58
Olá,

Benvinda a este canto onde se fala, sente e respira amor ou a falta dele. Vens de um sitio lindo, o canto da Isabel, onde o amor é puro...

Obrigado pelo teu comentário, fico muito feliz por conseguir passar a mensagem do que sinto quando escrevo.

um abraço e volta sempre,
Luís
De MIGUXA a 2 de Junho de 2008 às 21:05
Luis,

como já nos habituaste, este é mais um abrir de portas aos corações mais sensíveis.

Continua e parabéns

Xi-kor
Margarida
De jangadadecanela a 3 de Junho de 2008 às 09:59
Olá Margarida... obrigado pelo elogio... fico a sorrir por saber que continuo a conseguir passar a mensagem do que sinto para o que escrevo.

Beijo,
Luís
De Velucia a 3 de Junho de 2008 às 01:42
Favoritos!!??

Será que podemos ter todos como favoritos??

Para mim.... todos eles são.

De jangadadecanela a 3 de Junho de 2008 às 10:00
:) :) :) :) :) :)
De Subjectividades a 3 de Junho de 2008 às 09:48
Eu vou acabar assim....

Voltar e começar do início
O nosso destino é forte
Somos um do outro
Entrelaçados até à morte!

Hoje sinto-me poeta, espero que gostes!

Um abraço
De jangadadecanela a 3 de Junho de 2008 às 10:01
Olá ISabel, bom dia!...

Está lindo!

Um abraço,
Luís

Comentar post

.quem sou...

.Poesia


.pesquisar

 

.posts recentes

. Natal

. Viagem

. Amanhecer

. Esperança

. Sabor a Saudade

. É assim... e que sempre a...

. Infinito

. ...

. Ser

. 21 DE JULHO

. ...

. Tão Veloz Como o Desejo

. Alto Douro Vinhateiro

. O meu leito

. Astrolábio

. Aberto ou Fechado

. ...

. Risco

. SER...

. Partes

.favorito

. DE MÃO NA MÃO

. O CORAÇÃO ...

. DIVAGANDO ...

. AMOTE

. PORQUE...

. NÓS

. "HÁ GENTE QUE FICA NA HIS...

. OBRIGADA POR SERES EGOÍST...

. OU É UMA COISA OU OUTRA

. VAMOS TIRAR UMA FOTO?

.arquivos

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

.tags

. todas as tags

RSS

.pauzinhos...

online