Quinta-feira, 12 de Junho de 2008

Se fosses tu...

 

Sigo pela estrada
Lado a lado com o luar
Vamos de mão dada
O amor vamos encontrar
 
No céu enevoado
Estrelas explodem em cor
Se estivesse ao teu lado
Quereria fazer amor
 
Paro o momento na escuridão
Sorrio perante o espelho da noite
Não digas hoje que não
Ao coração que pede que ao teu lado pernoite
 
Sonho ao acordar no sabor do teu beijo
Sinto no ar o mar misturado no teu cheiro
Ainda sem respirar te revelo o meu desejo
É a ti que quero cuidar, sê o meu feliz cativeiro!
tags:
publicado por jangadadecanela às 01:48
link do post | comentar | favorito
28 comentários:
De pingodemel a 12 de Junho de 2008 às 10:29
bom dia Luis...
... eatá fantástico ... a procura ... o querer ... o desejo ... o cheiro ... o encontro com a lua ... uma noite para pensar, sonhar e desejar ...
um abraço
De jangadadecanela a 12 de Junho de 2008 às 13:56
:)

bom dia Joana...

é o que dá estar parado numa estação de serviço as duas da manhã a sonhar acordado...

fico contente por teres gostado :)

um abraço...
Luís
De pingodemel a 12 de Junho de 2008 às 14:06
...afinal qualquer sitio é um bom sitio para se sonhar...acordado :)
De jangadadecanela a 12 de Junho de 2008 às 14:17
sim... o importante é sempre... a companhia! Neste caso, o sonho... :)))))

abraço,
Luís
De pingodemel a 12 de Junho de 2008 às 16:48
:)
...até amanhã e um grande abraço
De Rosa a 12 de Junho de 2008 às 10:39
Um desejo...um sonho, com que os amantes da noite, sonham, sonhar é viver, querer é viver,sonhar vivendo é viver, então sonha e vive, pois o mundo é dos que sabem sonhar vivendo, beijo grande

ps: pensa bem saberás quem sou
De jangadadecanela a 12 de Junho de 2008 às 13:57
Olá,

Espero morrer a sonhar da mesma forma como o consigo fazer a viver...

um beijo grande,
Luís
De Bichana a 12 de Junho de 2008 às 11:03
Delicioso poema... cheira pura e simplesmente a amor!
Bjnhos, adorei.
De jangadadecanela a 12 de Junho de 2008 às 13:59
Olá,

estava a sonhar quando o escrevi... a sonhar acordado... :)

um beijo,
Luís
De ஜॐ♥ஜ___Estrelinh@___ஜॐ♥ஜ a 12 de Junho de 2008 às 12:17
" Paro o momento na escuridão
Sorrio perante o espelho da noite
Não digas hoje que não
Ao coração que pede que ao teu lado pernoite "

sem dúvida...amor...paixão...sonho...
e se nessa escuridão esses dois corações baterem lado a lado, deixa-os bater ao mesmo compasso...

magnifico...

beijinho terno e doce& aquele abraço...
De jangadadecanela a 12 de Junho de 2008 às 14:00
Olá Estrelinha,

é um sonho, mas sente-se na pele! :)

um beijinho e um abraço,
Luís
De TiBéu ( Isa) a 12 de Junho de 2008 às 13:06
Beleza de poema, na verdade e simplicidade dá vida e cor. Se feliz Luis. Bj
De jangadadecanela a 12 de Junho de 2008 às 14:02
Olá,

Obrigado pela visita e pelo comentário... :)

quando ao ser feliz, espero estar no seu caminho, pelo menos é o que o meu mapa-coração diz...

um abraço,
Luís
De maria a 12 de Junho de 2008 às 14:19
Deu para perceber bem o que quiseste transmitir: duas pessoas que se amam e caminham/passeiam lado a lado, (ou o sonho do poeta!). gostei especialmente do poema exactamente por essa sensação, que imagino muitas vezes (baseado na vida real). Faz-me lembrar um passeio no cais de gaia, mesmo em frente ao Amo-te Porto e toda a zona junto ao rio, e nova ponte toda iluminada, o luar, as estrelas.............. e a companhia!
Abraço,
Maria.
De jangadadecanela a 12 de Junho de 2008 às 14:26
Olá Maria,

podia muito bem ser esse o pano de fundo deste texto... podia sim!

um abraço,
Luís
De MIGUXA a 12 de Junho de 2008 às 16:08
Belo poema Luis,

Com ou sem companhia é sempre bom sonhar.

Be happy!!!

Xi-kor
Margarida
De jangadadecanela a 12 de Junho de 2008 às 16:42
é sim, é muito bom sonhar... e principalmente sentirmo-nos bem connosco para que o sonho seja ainda melhor...

um abraço
Luís
De Subjectividades a 12 de Junho de 2008 às 16:23
Amar é essencialmente cuidar!
E os sonhos são sempre construtivos...
Está lindo como sempre

Um abraço
De jangadadecanela a 12 de Junho de 2008 às 16:44
olá Isabel,

é sim, cuidar... cuidar... cuidar...

um abraço
Luís
De Blue Eyes a 12 de Junho de 2008 às 22:07
É isso tudo, Luis, A entrega... a entrega!

Grande abraço
De jangadadecanela a 13 de Junho de 2008 às 09:41
:))))

grande abraço Ricardo!
Luís
De folha a 12 de Junho de 2008 às 23:49
Os teus poemas são lindos..........ainda bem que partilhas esse teu lado doce........sou alguém que já teve muita poesia na vida e já encontrou a dentro de si todos os poemas que se segredam ao ouvido. gosto muito de te ler. obrigado
De jangadadecanela a 13 de Junho de 2008 às 09:44
Olá,

obrigado pela tua visita e comentário. coloco aqui tudo o que já senti, sinto ou quero sentir (e que de alguma forma sinto atraves do sonho)...

um abraço
Luís

Comentar post

.quem sou...

.Poesia


.pesquisar

 

.posts recentes

. Natal

. Viagem

. Amanhecer

. Esperança

. Sabor a Saudade

. É assim... e que sempre a...

. Infinito

. ...

. Ser

. 21 DE JULHO

. ...

. Tão Veloz Como o Desejo

. Alto Douro Vinhateiro

. O meu leito

. Astrolábio

. Aberto ou Fechado

. ...

. Risco

. SER...

. Partes

.favorito

. DE MÃO NA MÃO

. O CORAÇÃO ...

. DIVAGANDO ...

. AMOTE

. PORQUE...

. NÓS

. "HÁ GENTE QUE FICA NA HIS...

. OBRIGADA POR SERES EGOÍST...

. OU É UMA COISA OU OUTRA

. VAMOS TIRAR UMA FOTO?

.arquivos

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

.tags

. todas as tags

RSS

.pauzinhos...

online