Domingo, 20 de Julho de 2008

Entrega

 

Quero tanto mostrar à vida
Tudo o que já sinto por ti
Eu próprio ainda não entendo
Como é que cheguei aqui
 
Não controlo o pensamento
Que voa ao teu encontro
Sobre um ar perfumado
Que me leva ao teu corpo
 
Memorizei a tua voz
Tornei-a minha companhia
Perdi-me no teu sorriso
Enquanto apenas te ouvia
 
Não me deixes aqui sozinho
Sinto-me perdido em mim
Abre a porta de um abraço
Deixa-me ficar…
…perdido em ti

 

publicado por jangadadecanela às 11:06
link do post | comentar | favorito
20 comentários:
De Velucia a 20 de Julho de 2008 às 14:21
Olá Luís,
lindo poema, como sempre!

Estou em férias, mas estava esperando pelo novo poema.
Além de lindo, posso dizer... maravilhoso!

Luís devo confessar que teus poemas me inspiram.

...Nunca estará sozinho
Neste poema que aqui deixou
Abrimos a porta...
Te abraçamos...
...nos perdemos no teu Amor...

Abraços.




De jangadadecanela a 21 de Julho de 2008 às 10:13
Olá Vera,

Obrigado pelas tuas palavras e aproveita bem essas férias!

um abraço
Luis
De Blue Eyes a 20 de Julho de 2008 às 18:07
Oi, Luis!
Nós nunca sabemos como adquirimos admiração por alguém. Admiração que se vai transformando até chegar a um patamar de amor.
Mas quando nos sentimos lá, já não queremos sair.

Um abraço e uma boa semana!

Ricardo
De jangadadecanela a 21 de Julho de 2008 às 10:16
Olá Ricardo,

A meu ver a admiração surge quando nos permitimos abrir uma porta aos nossos sentimentos, quando encontramos alguem que consideramos especial...

O resto, o tempo encarrega-se de transformar...

Um abraço e uma boa semana!
Luis
De MIGUXA a 21 de Julho de 2008 às 01:35
Lindo Luis,

Quem nasce de coração aberto para a poesia jamais perderá esse dom.
Assim, és tu!!!

Uma noite de paz
Xi-kor
Margarida
De jangadadecanela a 21 de Julho de 2008 às 10:21
Olá Margarida,

Para mim a poesia é uma caixinha onde posso encontrar hoje muito do que vivo e vivi, do que sinto e senti, sem perder intensidade...

abraço
Luis
De sopadepoemas a 21 de Julho de 2008 às 10:30
Bom dia Luís!

Abre a porta de um abraço
Deixa-me ficar…
…perdido em ti

Todos nós procuramos a porta aberta de um abraço...

Tá Lindo!!!

Um beijo
Kika
De jangadadecanela a 21 de Julho de 2008 às 11:26
Olá Kika,

...e principalmente, a porta aberta "do abraço"...

Um beijo,
Luis
De Utopia das Palavras a 21 de Julho de 2008 às 10:48
Olá Luis
Bonito apelo! Abrir a porta num abraço é sublime!
Um abraço
Ausenda
De jangadadecanela a 21 de Julho de 2008 às 11:34
Olá Ausenda,

Obrigado... a porta aberta do abraço que queremos é a entrada para o mundo onde não só existimos, coexistimos...

um abraço
Luis
De pingodemel a 21 de Julho de 2008 às 10:57
bom dia Luis
...o poema está lindo...e hoje ele tem para mim mais encanto...
um beijo
De jangadadecanela a 21 de Julho de 2008 às 11:36
Olá Joana,

Hoje, para ti, tudo deveria ter um gosto especial... pelo que ainda bem quem assim é...

um beijo
Luis
De Bichana a 21 de Julho de 2008 às 11:52
Porque quem ama nunca sabe o que ama
Nem sabe porque ama, nem o que é amar
Amar é a eterna inocência,
E a única inocência, não pensar... (F. Pessoa)
Bjnhos Luis, uma boa semana
De jangadadecanela a 21 de Julho de 2008 às 12:36
Olá...

Era um senhor esse senhor... amar tem algo de irracional, que não sabemos de onde vem...

beijinhos e um optima semana!
Luis
De Bichana a 21 de Julho de 2008 às 12:44
"O amor é louco
Não façam pouco
Desta loucura

Nunca vem se alguém o chama
P'ra surgir nada é preciso
O amor tem tão má fama
Que diz quem ama
Não tem juizo

Podem de tudo o acusar
Que ao amor nada lhe importa
Não se faz anunciar
E para entrar
Não bate á porta

O amor é louco
Não façam pouco
Desta loucura
Talvez quem ria
Fique algum dia
Louco e sem cura
Só quem não sente
Fala da gente
Já percebi, que vão falando
Também eu ando
Louco por ti

O amor é insensato
Nunca vi tonto maior
Vive sempre em desacato
E se o maltrato
Ind'é pior

Anda por aí á toa
Liga a todos e a ninguém
Ora amua ora perdoa
E até magoa
Quem lhe quer bem"

Bjnhos
De jangadadecanela a 21 de Julho de 2008 às 13:38
isto é paixão... a forma mais assolapada de amar...

:)

De cuidandodemim a 21 de Julho de 2008 às 12:16
Que lindo o que escreves... identifico-me com essas palavras pois também as sinto. Também me sinto entregue a alguém e quero permanecer assim...
Fica bem. Parabéns pela inspiração.
De jangadadecanela a 21 de Julho de 2008 às 12:40
Olá,

Obrigado pelo teu comentário... Há momentos na vida que não compreendemos na totalidade mas nos quais nos sentimos "em casa"... e aí desejamos embrulharmo-nos e oferecermo-nos a quem já não queremos que se vá embora...

um abraço
Luis
De MARIA a 21 de Julho de 2008 às 14:16
HÁ QUEM DIGA QUE A VOZ PODE SER ENFEITIÇADORA. CONCORDO QUE PODE SER UM PONTO DE PARTIDA PARA DAR LARGAS À IMAGINAÇÃO.
ABRAÇO.
MARIA.
De jangadadecanela a 21 de Julho de 2008 às 14:21
Olá Maria,

A voz, o olhar, as mãos, o nariz, o cabelo, a pele, o andar, o sorriso, os labios... tudo feitiços.... :)

um abraço
Luis

Comentar post

.quem sou...

.Poesia


.pesquisar

 

.posts recentes

. Natal

. Viagem

. Amanhecer

. Esperança

. Sabor a Saudade

. É assim... e que sempre a...

. Infinito

. ...

. Ser

. 21 DE JULHO

. ...

. Tão Veloz Como o Desejo

. Alto Douro Vinhateiro

. O meu leito

. Astrolábio

. Aberto ou Fechado

. ...

. Risco

. SER...

. Partes

.favorito

. DE MÃO NA MÃO

. O CORAÇÃO ...

. DIVAGANDO ...

. AMOTE

. PORQUE...

. NÓS

. "HÁ GENTE QUE FICA NA HIS...

. OBRIGADA POR SERES EGOÍST...

. OU É UMA COISA OU OUTRA

. VAMOS TIRAR UMA FOTO?

.arquivos

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

.tags

. todas as tags

RSS