Quarta-feira, 24 de Setembro de 2008

Ser

 

Ser
Arquitecto de momentos
Pintor de sentimentos
Amigo do meu Amor
 
Por ti desenho e projecto
Edifico o tempo a dois
Procuro o que te move
Embrulho com afecto
 
Por ti mais do que sentir
Do amor a imensidão
Que mora no meu coração
A presença e a calma
Que ilumina a minha alma
 
Procuro descobrir
O que te faz viver
Entre o sonho e o desejo
Tudo faço por aprender
Realizar o que no teu coração vejo
 
Posso não ter jeito para surpreender
Revejo-me numa linda infância
A surpresa não consigo esconder
 
Ao teu lado procuro uma vida
Que nem a morte vai apagar
A nossa memória será redigida
Eterna será a nossa forma de abraçar
Eterna será a nossa forma de amar
 
P.S. Na intimidade do nosso olhar te direi o quanto eu gosto de ti…
 
publicado por jangadadecanela às 21:59
link do post | comentar | favorito
20 comentários:
De Blue Eyes a 24 de Setembro de 2008 às 23:26
Oi Luís!
Epá! Este veio mesmo daí de dentro!
Podes não ter jeito para surpreender, mas para escrever... vai lá, vai!

Grande abraço e bons sonhos. Com quem tu sabes!

Ricardo
De jangadadecanela a 26 de Setembro de 2008 às 11:13
Olá Ricardo,

Tenho um coração que fala, fala... :)

um grande abraço
Luís
De caminhante a 25 de Setembro de 2008 às 00:18
eh pah nem sei que te diga!
aí está uma prova do seu poder.
De jangadadecanela a 26 de Setembro de 2008 às 11:14
Olá,

"querer é poder" :)


abraço
Luís
De MIGUXA a 25 de Setembro de 2008 às 02:14
Olá Luis,

Ser... acima de tudo...ser

Jinhos e noite serena
Margarida
De jangadadecanela a 26 de Setembro de 2008 às 11:15
Olá Margarida,

Quando somos o que somos, somos mais do que sonhamos ser...

um abraço
Luís
De R.Cheiros a 25 de Setembro de 2008 às 09:21
E mais palavras não são precisas...
Que a intimidade do olhar sela repleto de : silêncios cumplicidades sensações..

Bom dia e uma beijoca
De jangadadecanela a 26 de Setembro de 2008 às 11:16
Olá,

E é... e é tão bom... :)

abraço
Luís
De Bichana a 25 de Setembro de 2008 às 11:20
Se no meu blog respira-se amor, este não fica atrás... que delícia!
Bjnhos
De jangadadecanela a 26 de Setembro de 2008 às 11:17
Olá,

E nada mais digo a não ser que o ar não acabe!

Abraço
Luís
De Subjectividades a 25 de Setembro de 2008 às 14:53
E pelos vistos a intimidade do vosso olhar dura até hoje....
Estranhei não ver nada publicado mas sei também que será por uma boa causa!!

Um abraço e nunca te canses de dizer o quanto gostas dela!
De jangadadecanela a 26 de Setembro de 2008 às 11:19
Olá Isabel,

Dura até hoje e espero que dure muito muito tempo...

Não me canso de o dizer e di-lo-ei não "até que a voz me doa" mas até que fique sem voz... e se isso acontecer, existirão outras formas de o dizer... sinto-me um felizardo por ter encontrado esta mulher que tanto me dá....

um abraço
Luís
De Sorriso ツ a 25 de Setembro de 2008 às 16:18
E não há nada mais bonito do que o olhar a "falar" o que sentimos, a "dizer" *gosto de ti*... Melhor ainda é poder perceber no olhar a intensidade desse sentimento.. ;)
Que consigas, sempre, transmitir através do olhar, e não só ;), esse amor...

Beijinhos
De jangadadecanela a 26 de Setembro de 2008 às 11:21
Olá...

Sentir é a base, a naturalidade do sentimento depois só tem que passar para um determinado formato... e este meu sentir até a mim encanta... por nunca ter sentido tanto de desta forma...

um abraço
Luís
De Utopia das Palavras a 25 de Setembro de 2008 às 16:37
Olá Luis

Eterno o sonho
Eterno o desejo
Eterno o amor
Eternamente....!

Um beijo, amigo
De jangadadecanela a 26 de Setembro de 2008 às 11:23
Olá...

... eternamente, eterno sentimento este que já não é só meu...

um abraço
Luís
De Velucia a 25 de Setembro de 2008 às 22:25
Olá Luís

Este poema como tantos outros também muito bonito.

Há uma certa semelhança deste "Ser" com "Olhos do Amor", coincidência!?
Parece um entrelaçamento entre ambos.
No coração que fala de Amor acredito que sempre haverá semelhanças.

Um abraço.
De jangadadecanela a 26 de Setembro de 2008 às 11:25
Olá Vera,

Os "olhos de Amor" poderão ser o porlongamento deste, na constatação do tempo sobre o amor...

um abraço
Luís
De pingodemel a 26 de Setembro de 2008 às 11:25
olá Luis

"Na intimidade do nosso olhar te direi o quanto eu gosto de ti…" ... há "coisas" que nem precisam ser ditas porque se sentem a km de distância :)

um beijo e bom fim de semana
De jangadadecanela a 26 de Setembro de 2008 às 11:26
Olá Joana...

... e que bom sabe saber isso... sentir assim...

um beijo grande e um optimo fim de semana
Luís

Comentar post

.quem sou...

.Poesia


.pesquisar

 

.posts recentes

. Natal

. Viagem

. Amanhecer

. Esperança

. Sabor a Saudade

. É assim... e que sempre a...

. Infinito

. ...

. Ser

. 21 DE JULHO

. ...

. Tão Veloz Como o Desejo

. Alto Douro Vinhateiro

. O meu leito

. Astrolábio

. Aberto ou Fechado

. ...

. Risco

. SER...

. Partes

.favorito

. DE MÃO NA MÃO

. O CORAÇÃO ...

. DIVAGANDO ...

. AMOTE

. PORQUE...

. NÓS

. "HÁ GENTE QUE FICA NA HIS...

. OBRIGADA POR SERES EGOÍST...

. OU É UMA COISA OU OUTRA

. VAMOS TIRAR UMA FOTO?

.arquivos

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

.tags

. todas as tags

RSS