Quinta-feira, 2 de Outubro de 2008

Já sabes

 

Quando te espero
À porta do meu mundo
Já sabes
Que podes entrar
Tens a chave do meu amor
 
Quando te vejo
E logo te desejo
Já sabes
Que podes esperar
Pois intenso será o meu beijo
 
Quando te abraço
E esqueço o cansaço
Já sabes
Que podes descansar
Terás sempre onde te abrigar
 
Quando te dispo
Como se nunca te tivesse visto
Já sabes
Que podes reinar
E o meu coração continuar a encantar
 
Quando te toco
E sinto no sangue a calor da paixão
Já sabes
Que podes respirar
No meu ar que em ti quer ficar
 
E quando te vejo
E me entrego no fundo do teu mar
Já sabes
Que podes ficar
É a ti que incondicionalmente estou a Amar
 
E quando longe não me vês
E a saudade me começa a matar
Já sabes
Que vou regressar
é que sem ti não posso ressuscitar...
 
publicado por jangadadecanela às 13:37
link do post | comentar | favorito
22 comentários:
De mafalda a 2 de Outubro de 2008 às 13:47
olá, Luís.
visual novo, heim? ;) está muito bonito.
assim como o poema... não é preciso dizer muito, é a alma apaixonada.
beijinho.
De jangadadecanela a 2 de Outubro de 2008 às 17:30
Olá Mafalda,

Personalizei um pouco o cantinho... obrigado!

O Amor, sempre o Amor... e que sempre seja o Amor...

Abraço
Luis
De caminhante a 2 de Outubro de 2008 às 13:48
que bonito! o amor dá mesmo origem às mais belas criações.
também gosto do novo look do blog; está mais simples e limpo e a foto está muito bem!
beijinho
De jangadadecanela a 2 de Outubro de 2008 às 17:31
Olá,

Obrigado pela visita e comentários :)

Vou já visitar o teu cantinho.

Abraço
Luís
De Bichana a 2 de Outubro de 2008 às 14:25
E eu já sei... que tu és um excelente trovador!!
Que poema maravilhoso!
Bjnhos
De jangadadecanela a 2 de Outubro de 2008 às 17:35
Olá,

Trovador... fizeste-me sorrir... :)
Um poema, uma letra, uma voz...

Um abraço
Luís
De R.Cheiros a 2 de Outubro de 2008 às 15:17
Que bela canção de amor que esta letra dava..

Beijoca
Paula
De jangadadecanela a 2 de Outubro de 2008 às 17:36
Olá Paula,

Curioso... quando a escrevi, escrevi como se de uma letra de musica se tratasse mas sem me preocupar com melodia... :)

Abraço
Luís
De MARIA a 2 de Outubro de 2008 às 15:30
JÁ "se sabe" que os poemas são lindos, só que agora são mais felizes, mais cheios de amor. Um amor que já tem rosto e que me parece, posso estar enganada,"cheio de mel".
felicidades
abraço,
MARIA.
De jangadadecanela a 2 de Outubro de 2008 às 17:38
Olá Maria,

:)

É um amor com rosto sim, onde me perco e me encontro a cada momento partilhado... e é um rosto doce, é verdade, como o amor que sinto...


um abraço e volta mais vezes
Luís
De cuidandodemim a 2 de Outubro de 2008 às 17:50
Maravilhoso o poema... Dar ao outro a chave do nosso coração é mesmo uma forma maravilhosa de amar... Posso levar para os meus favoritos?
Bjns!
De jangadadecanela a 3 de Outubro de 2008 às 10:56
Olá,

Se eu desenhasse hoje o meu coração, seria a de um coração sobre quatro mãos entrelaçadas, as minhas e as do meu Amor... quatro mãos que, juntas, fortalecem e protegem um sentimento de vida...

... e podes levar... obrigado :)

abraço
Luis
De MIGUXA a 2 de Outubro de 2008 às 18:15
De jangadadecanela a 3 de Outubro de 2008 às 10:57
Olá Margarida

E eu simplesmente agradeço...

um abraço
Luís
De Blue Eyes a 2 de Outubro de 2008 às 19:18
Boas, amigo!
Já nem sei o que te dizer. Homens apaixonados por vezes tornam-se assim: "Lamechas" Como eu, não é?

Grande abraço!

Ricardo
De jangadadecanela a 3 de Outubro de 2008 às 10:57
Olá Ricardo,

Já me habituei ao termo... :)

grande abraço
Luís
De Velucia a 3 de Outubro de 2008 às 04:05
Luís

Magnífico!!
Creio que não brigas comigo por levá-lo aos meus favoritos ok?

Continue com esse Amor que é maravilhoso e muito mais quando publicado para pessoa que ama.

Abraço.
De jangadadecanela a 3 de Outubro de 2008 às 11:04
Olá Vera,

Não brigo não e agradeço o privilégio :)

Dela já é o meu coração, dela são os meus textos, sem ela, sem a sua beleza (interior e exterior) não conseguiria exprimir o que sinto...

um abraço
Luís
De Marta a 3 de Outubro de 2008 às 11:39
Olá Luis,

E como é "lindo" um homem lamechas

De jangadadecanela a 3 de Outubro de 2008 às 12:11
Olá,

Já me habituei ao termo ... e agora posso trocar o lamechas por lindo... parece-me bem ;)

um abraço
Luís

Comentar post

.quem sou...

.Poesia


.pesquisar

 

.posts recentes

. Natal

. Viagem

. Amanhecer

. Esperança

. Sabor a Saudade

. É assim... e que sempre a...

. Infinito

. ...

. Ser

. 21 DE JULHO

. ...

. Tão Veloz Como o Desejo

. Alto Douro Vinhateiro

. O meu leito

. Astrolábio

. Aberto ou Fechado

. ...

. Risco

. SER...

. Partes

.favorito

. DE MÃO NA MÃO

. O CORAÇÃO ...

. DIVAGANDO ...

. AMOTE

. PORQUE...

. NÓS

. "HÁ GENTE QUE FICA NA HIS...

. OBRIGADA POR SERES EGOÍST...

. OU É UMA COISA OU OUTRA

. VAMOS TIRAR UMA FOTO?

.arquivos

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

.tags

. todas as tags

RSS