Terça-feira, 9 de Junho de 2009

Lágrima

 

Sinto os olhos a divagar
Entre as ondas deste mar
Viajas forte e destemida
No rumo da minha vida
 
Mar salgado, pressinto
Que dor irás infligir
Nesta pele que te respira
Que vive para te sentir
 
E é luz de te ver
Que por mim passa a correr
No instante que em nós
No mundo estamos sós
 
publicado por jangadadecanela às 15:40
link do post | comentar | favorito
4 comentários:
De pingodemel a 16 de Junho de 2009 às 16:19
"o mar salgado, quanto do teu sal são lágrimas de Portugal" ... ó meu amor quando a lágrima é de alegria eu sorrio a cada dia :)

beijocas
De jangadadecanela a 16 de Junho de 2009 às 17:02
olá amor...

... é sal que tempera o momento da espera, é agua que mata a sede da saudade....

um beijinho

Comentar post

.quem sou...

.Poesia


.pesquisar

 

.posts recentes

. Natal

. Viagem

. Amanhecer

. Esperança

. Sabor a Saudade

. É assim... e que sempre a...

. Infinito

. ...

. Ser

. 21 DE JULHO

. ...

. Tão Veloz Como o Desejo

. Alto Douro Vinhateiro

. O meu leito

. Astrolábio

. Aberto ou Fechado

. ...

. Risco

. SER...

. Partes

.favorito

. DE MÃO NA MÃO

. O CORAÇÃO ...

. DIVAGANDO ...

. AMOTE

. PORQUE...

. NÓS

. "HÁ GENTE QUE FICA NA HIS...

. OBRIGADA POR SERES EGOÍST...

. OU É UMA COISA OU OUTRA

. VAMOS TIRAR UMA FOTO?

.arquivos

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

.tags

. todas as tags

RSS